Estudo de caso de projetos

Bondes de Paris T3b, França

Cliente

RATP

Data

2016 – 2018

Setor

Light Rail & Tram

Comprimento dos trilhos
km

Desafio do cliente

A extensão da linha de bondes orbitais T3 em Paris é um projeto de 200 milhões de euros para acelerar a regeneração do noroeste da cidade.

Conhecida como T3b, é um segmento de 4,3 km com oito novas estações e atravessa o 18º e 17º distritos de Paris, de Porte de La Chapelle a Porte d’Asnières, e atende uma série de comunidades em rápida mudança.

Estas incluem áreas populacionais extremamente densas e bacias da população trabalhadora. Foi idealizada pela Île-de-France Mobilités, que projeta, organiza e financia o transporte público da região, em parceria com a prefeitura de Paris e a operadora de transportes RATP.

Além de sua escala e importância estratégica para a integração urbana, o tão esperado desenvolvimento tem enfrentado o desafio de se realizar sob o brilho de uma forte visibilidade política, da imprensa e do público.

A solução da Pandrol

O sistema de fixação Nabla Tram da Pandrol foi utilizado para ajudar a dar vida a este ambicioso projeto. É uma inovação com um histórico de sucesso comprovado que apresenta uma placa de base plástica e componentes Nabla Evolution, uma combinação que suporta uma construção econômica.

Até o momento, fabricamos mais de 250.000 desses sistemas para uma instalação tranquila, rápida e segura em todo o Reino Unido e Europa.

São feitos de material composto leve e possuem um nível inerentemente alto de isolamento elétrico. Combinando facilidade de aplicação com altos níveis de desempenho, é compatível com diversos métodos de colocação de trilhos.

São feitos sob medida para uso em vias CEN categoria A, especialmente linhas de bonde, e a Pandrol, como parte deste esquema, fabrica e entrega mais de 14.000 placas de base.

Outra vantagem adicional é que nossos componentes do sistema de fixação são protegidos por uma cobertura plástica que é projetada para evitar a contaminação do concreto; melhorar a resistência elétrica para 22 kΩ; e fornecer alta resistência mecânica e térmica que permite a passagem do tráfego rodoviário.

O resultado

A Pandrol desempenhou um papel fundamental para enfrentar, e vencer, o desafio de concluir um dos mais ambiciosos projetos de transporte em Paris. Uma característica chave do esquema é que as diferentes vertentes se uniram para garantir viagens mais silenciosas e confortáveis.

Após passar por uma fase de testes bem-sucedida, o serviço está pronto para entrar em funcionamento em 24 de novembro de 2018. Espera-se que ele atenda até 89.000 passageiros por dia.

O seu lançamento terá bondes passando a cada quatro minutos em cada direção durante os horários de pico, conectando-se com quatro linhas de metrô de Paris e cerca de 20 linhas de ônibus.

A extensão está sendo saudada como fundamental para fortalecer as ligações entre Paris e cidades vizinhas; melhorar as condições de transporte nos bairros do noroeste de Paris; melhorar as ligações com outras linhas de transporte público; incentivar um maior uso do transporte público; e dar nova vida aos espaços públicos por meio dos bondes.