Linhas de produtos

Soldagem Aluminotérmica

Com mais de um século de experiência em soldadura de linhas ferroviárias, a Pandrol é uma empresa global em que pode confiar para fornecer soluções de soldadura aluminotérmica líderes da indústria e uma gama de produtos de soldadura de carris inovadores e patenteados. Tornamos a soldadura de linhas ferroviárias mais segura, inteligente e eficiente.

O que é a soldadura aluminotérmica?

A soldadura aluminotérmica é uma parte vital da construção e da manutenção da infraestrutura ferroviária. É um processo altamente qualificado e técnico. Em última análise, a segurança e o bem-estar dos seus passageiros dependem da integridade das soldas que unem ou estendem a sua via férrea.

  • A soldadura aluminotérmica é um passo vital na construção da infraestrutura ferroviária, utilizando uma reação exotérmica para criar metal líquido que une e repara os carris.
  • Há mais de um século que a Pandrol desenvolve uma vasta experiência prática na conceção e introdução de novos sistemas e tecnologias de soldadura para tornar a soldadura aluminotérmica mais segura, eficiente, fiável e económica. Diretamente dos nossos laboratórios de investigação e desenvolvimento, oferecemos-lhe uma série de inovações que estão a mudar a face da soldadura de linhas ferroviárias.
  • Continue a ler para saber mais sobre as nossas inovações de produtos mais recentes e os nossos serviços de soldadura especializados concebidos para quase todos os perfis ferroviários globais e sobre como os aplicamos ao processo de soldadura aluminotérmica.
Contato

Fale com um especialista em soldadura aluminotérmica

Porquê comprar à Pandrol?

Por que razão os soldadores utilizam o processo da Pandrol?

Somos líderes de mercado em soldadura aluminotérmica

Com mais de 100 anos de experiência, dispomos de uma gama aperfeiçoada de processos adequados a todos os perfis ferroviários globais. O nosso historial de resultados comprovado abrange todos os climas e terrenos.

A nossa experiência vai além dos consumíveis de soldadura

Disponibilizamos uma gama de equipamento de soldadura aluminotérmica compacto para tornar o processo ainda mais fácil. O equipamento da Pandrol foi concebido para proporcionar a máxima adaptabilidade a diferentes configurações de via.

Proporcionamos conhecimentos globais com formação e apoio locais

A Pandrol é uma equipa de 1700 colaboradores que abrange 30 localizações globais. Isto significa que os nossos especialistas em soldadura aplicam os seus conhecimentos de construção de vias e conhecimentos de design de produtos aos seus requisitos específicos de infraestrutura ferroviária. Quando as suas equipas precisam de formação especializada, podemos fornecer formação e certificação remotas, virtuais, no local ou baseadas na sede.

Os nossos moldes AutoSeal® melhoram a ergonomia da máquina de soldar

A Pandrol criou o primeiro molde de soldadura autovedante do mundo, otimizando o processo de soldadura aluminotérmica de ponta a ponta até cinco minutos por solda. Reduza ativamente os resíduos de plástico optando pela nossa solução mais ecológica.

O nosso pré-aquecedor de fluxo elevado é uma solução universal

O sistema de pré-aquecimento de fluxo elevado da Pandrol é totalmente automatizado para um funcionamento mais fácil e fiável. Não requer qualquer intervenção manual ou ajuste de chama e foi concebido para suportar as condições extremas da via e reduzir os custos de manutenção.

Tornar a soldadura mais inteligente

O nosso departamento de investigação e desenvolvimento de soldadura adotou a digitalização e prototipagem rápidas para simular digitalmente soluções, permitindo-nos identificar a causa dos defeitos de soldadura e reduzir a sua frequência.

Contato

Compreender os diferentes tipos de soldadura de carris

Se fizer parte da comunidade de soldadura, irá, sem dúvida, ouvir estes termos muitas vezes. Mas quais são as diferenças práticas entre estes tipos de soldadura e o que os torna únicos?

O carril Vignole é um dos tipos de carril mais antigos e fiáveis. Tem um fundo plano para uma fixação simples e estável a placas ou travessas. Estes carris são os mais utilizados nas linhas principais, de alta velocidade e de transporte pesado em todo o mundo. O carril Vignole tem um fundo plano e membrana fina.

Solde carris novos e existentes com o processo de soldadura de carril Vignole de ponta da Pandrol. A nossa abordagem é adequada para a realização de soldaduras de folga padrão e de folga larga no carril Vignole. Também pode ser adaptado a qualquer dimensão de carril Vignole.

O carril de gola é normalmente utilizado em sistemas de metro e de elétrico. É incorporado no solo para permitir a circulação de peões e veículos. Os carris de gola podem ser instalados ao nível do pavimento ou da relva. Ao contrário dos carris padrão, são bifurcados para uma maior estabilidade, consistindo numa cabeça de carril num lado com uma proteção no outro.

Uma vez instalado, o carril de gola pode ser difícil de soldar devido à logística envolvida: o betão e a borracha à volta do carril têm de ser removidos antes das reparações, o que é uma tarefa morosa. Por conseguinte, é essencial que as soldas do carril de gola sejam fundidas com a mais alta qualidade possível.

As soluções de soldadura para carril de gola da Pandrol facilitam a vida do soldador. Os nossos moldes refratários especializados adequam-se a todas as aplicações de reparação de carris de gola. Adaptamos as nossas técnicas para acomodar abordagens globais. Confie nas nossas peças de soldadura, moldes e cadinhos altamente especializados e reconhecidos internacionalmente para fazer o trabalho.

O carril de grua é fabricado para suportar cargas pesadas, uma vez que tem de suportar as cargas por eixo elevadas das máquinas. Embora visualmente semelhantes aos carris de fundo plano, como o Vignole, os carris de grua são muito mais pesados e possuem uma membrana mais espessa para maior capacidade e estabilidade.

A sua principal utilização é em pórtico e equipamento montado sobre o pavimento utilizado para manobrar gruas em armazéns, estaleiros e ambientes portuários. Os carris de grua não assentam normalmente em placas ou travessas. Em vez disso, são continuamente suportados.

Os carris de grua encontram-se frequentemente em ambientes únicos, pelo que necessitam de uma abordagem especializada à soldadura para uma reparação e manutenção eficientes e eficazes. Confie nos anos de experiência global da Pandrol para personalizar uma solução de soldadura à medida para as suas necessidades de carris de grua.

As soldas de reparação de defeitos na cabeça são uma solução económica e eficiente para reparar defeitos na cabeça do carril sem necessidade de o cortar. O processo envolve retificar o defeito do carril. Um molde de reparação de defeitos na cabeça permite que a folga restante seja preenchida sem os processos de corte e soldadura dupla necessários para uma reparação de carril de enchimento.

Corrija defeitos entre 25 mm e 90 mm de largura e até uma profundidade de 25 mm com a soldadura e reparação de defeitos na cabeça. Este estilo de manutenção do carril é muito mais eficiente do que uma reparação de carril de enchimento, ao exigir menos soldaduras, menos tempo e custos reduzidos.

Minimize os custos de manutenção, mantendo a mais elevada qualidade das reparações, trabalhando com os líderes mundiais em soldadura de reparação de defeitos na cabeça. Demonstramos o valor do nosso processo de reparação de defeitos na cabeça em todas as redes ferroviárias nos EUA e no Canadá desde 2008, no Reino Unido desde 2013 e em França desde 2015. Beneficie dos aperfeiçoamentos específicos das instalações que aplicamos à nossa abordagem a perfis ferroviários e normas de rede locais únicos.

Pandrol Connect

A Pandrol Connect é uma aplicação móvel concebida para dar apoio aos soldadores aluminotérmicos através do processo de soldadura, captando dados em tempo real sobre a solda e melhorando a rastreabilidade das soldas para empreiteiros e operadores de redes ferroviárias.

App de soldagem Pandrol Connect

O processo de soldadura aluminotérmica

O processo de soldadura Thermit ou aluminotérmico é o método mais simples de unir secções de carril de aço atualmente em utilização na indústria ferroviária. Uma vez que a soldadura pode ser efetuada no local sem desmontar o carril, a soldadura Thermit é a forma mais eficiente de soldar as vias férreas. É fiável, eficaz e pode ser adaptado a muitas situações.

Envolve a utilização de uma liga metálica fundida que, quando aplicada às superfícies a unir, reage de forma exotérmica com as mesmas e produz uma junta a temperaturas extremamente elevadas. Este processo é utilizado para efetuar reparações em carris cortados ou danificados e também para aumentar o comprimento do carril. Todos os componentes do processo de soldadura Thermit são fornecidos como pós ou grânulos, o que significa que são relativamente leves e portáteis.

  • Antes de iniciar o processo de soldadura, as extremidades dos carris são cortadas de acordo com uma medição específica para criar uma folga e, em seguida, alinhadas. Um molde refratário é então fixado em torno da folga (refratário significa que o material é resistente ao calor).
  • As extremidades do carril têm então de ser pré-aquecidas para que seja obtida uma solda bem-sucedida. Todas as superfícies devem ser cuidadosamente limpas antes do pré-aquecimento, de modo a que matérias estranhas não entrem em contacto com as mesmas durante a soldadura.
  • Os carris são aquecidos acima da temperatura de recristalização, o que garante que não apresentam tensões residuais geradas durante os processos de laminagem ou aquecimento.
  • Uma vez concluído o pré-aquecimento, é colocado um cadinho sobre o molde, que contém os compostos Thermit em pó. Assim que o cadinho é aceso, o metal líquido escorre para os moldes refratários através de um orifício na parte superior.
  • O metal enche o molde e qualquer excesso é descarregado num recipiente de escória. Após um período de tempo que permita o arrefecimento, o metal em excesso é removido e o carril é polido até obter um acabamento suave.